4 de abril de 2011

04/04/2011 19h53 - Atualizado em 04/04/2011 21h25 Tropas de oposicionista tomam casa do presidente da Costa do Marfim Não ficou claro se Laurent Gbagbo estava no local, na cidade de Abidjan. Eleito e com respaldo internacional, Alassane Ouattara tenta assumir. Do G1, com agências internacionais imprimir Forças leais ao presidente eleito da Costa do Marfim, Alassane Ouattara, capturaram nesta segunda-feira (4) a residência oficial do presidente do país, Laurent Gbagbo, na cidade de Abidjan. O porta-voz Patrick Achi disse não saber se Gbagbo, que se recusa a entregar o poder, estava no local na hora da invasão. Tropas da missão da ONU na Costa do Marfim realizaram nesta segunda-feira (4) ações armadas para "neutralizar" as armas pesadas usadas pelos partidários do presidente Laurent Gbagbo contra a população civil, segundo a Presidência da França. saiba mais
Entenda a crise na Costa do Marfim Leia mais notícias sobre a crise
Mais cedo, helicópteros da Operação das Nações Unidas na Costa do Marfim (ONUCI) dispararam sobre o palácio presidencial e a residência de Gbagbo, declarou à France Presse o porta-voz da força, Hamadoun Touré. Helicópteros da força francesa Licorne já haviam disparado contra o acampamento militar de Agban, nas mãos do exército leal a Gbagbo. O ataque foi feito a pedido das Nações Unidas. Explosões durante ataque francês a campo de soldados pro-Gbagbo nesta segunda-feira (4) em Abidjan (Foto: AP)Explosões durante ataque francês a campo de soldados pro-Gbagbo nesta segunda-feira (4) em Abidjan (Foto: AP) Soldados não identificados patrulham rua de Abidjan, principal cidade da Costa do Marfim, nesta segunda-feira (4) (Foto: AP)Soldados não identificados patrulham rua de Abidjan, principal cidade da Costa do Marfim, nesta segunda-feira (4) (Foto: AP) tópicos: Costa do Marfim

Nenhum comentário:

Postar um comentário